Telefones para Contato
NITERóI 21 99989-9911 21 99448-0541
Ligamos para Você
2 Fale Conosco
JAB Imóveis

Últimos Notícias » A quantidade ideal de fundos imobiliários em um portfólio, segundo gestor

Publicado na Sexta, 12 de abril de 2019, 14h08
A quantidade ideal de fundos imobiliários em um portfólio, segundo gestor

SÃO PAULO - Com a queda das taxas de juros, o investidor brasileiro que antes conseguia bons retornos na renda fixa passou a procurar alternativas mais rentáveis em outros ativos. E um deles são os fundos imobiliários. Mas qual a parcela ideal de FIIs no portfólio e como descobrir quando o investimento está caro ou barato?

Para responder às questões, o professor do InfoMoney e especialista em FIIs, Arthur Vieira de Moraes, trouxe ao programa “Fundos Imobiliários” Eduardo Levy, da Monte Bravo Investimentos.

Segundo Levy, um passo importante antes do investidor migrar para a bolsa ou aplicar em fundos multimercados mais voláteis é começar pelos fundos imobiliários. “O FII combina renda variável com investimento em imóveis, ou seja, um ativo real com renda fixa, e isso acaba sendo exatamente o perfil que o investidor brasileiro precisa hoje”, afirma o gestor.

Com relação à alocação, o gestor sugere uma parcela de 15% da carteira em FIIs. Ele explica que algumas carteiras mais agressivas contam inclusive com um percentual de 25 a 30% do portfólio alocado no ativo.

Levy lembra, porém, que o componente de renda variável dos FIIs não pode ser esquecido, uma vez que a cota é negociada em bolsa e, consequentemente, sofre oscilações diárias. Confira a entrevista completa no vídeo acima.

Fonte: www.infomoney.com.br